Valor

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Por mais que eu desista de tudo...
Que eu esqueça alco que aconteceu entre nós...
Você ainda não acha suficiente.
Ou aparenta não achar.
Não há nada que pague seu amor.
Seria uma dívida eterna que eu pagaria na mesma moeda.
Ou em maior quantidade para igualar o valor.
Mas não é suficiente.
Não sou suficiente para você.
Vivo ou morto.
Sem você me resta o "morto".
Não está mais aqui quem falou.
Ou posso estar para sempre.
Espero que queira descobrir.

2 comentários:

glacierfemme disse...

não existem mais homens assim
seu alien


:p

Crow disse...

Bati a cabeça quando criança, foi mal.

Postar um comentário