Passado

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Hoje paguei o preço de minhas escolhas.
O meu passado doente corrompeu meu presente e me impediu de ir em frente.
Será que o pesadêlo nunca acaba?
Cada coisa pela qual eu luto resulta em derrota, acho que agora a toalha deve ser jogada.
Saí de um grande nada e voltarei para o mesmo.
Não me resta opção, não quero outra opção.
Preciso de você mas não é recíproco.
Maldito passado.
Adeus passado.
Adeus.

0 comentários:

Postar um comentário